Pesquisar
Pesquisar
Ir para o site
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Vai comprar uma moto nova? Não antes de conferir as nossas dicas

Chega um determinado momento da vida em que muita gente se vê diante de dois caminhos: comprar ou não uma moto nova. O que deixa as pessoas com o pé atrás é justamente a parte financeira, já que qualquer veículo novo costuma pesar no orçamento do brasileiro. Por isso, separamos as principais dicas para comprar moto nova sem dor de cabeça nem prejuízo no bolso.

Temos aqui também um artigo para você está em dúvida se compra uma moto zero ou uma dos sonhos usada!

Quanto custa uma moto nova?

O primeiro ponto que você precisa ter em mente antes de comprar uma moto nova é a finalidade dela. Pode ser pra realizar um sonho, pra poder viajar aos finais de semana e feriados com mais liberdade ou pra ser um meio de transporte. A vontade é sua, o dinheiro é seu, mas saiba que pra cada uma dessas opções é indicado um modelo de moto diferente. Motocicletas feitas pra circular por mais tempo, em uma diversidade de superfícies, consequentemente o preço da moto nova pra essa finalidade acaba sendo mais alto.

Outro detalhe importante impacta o preço das motos é o desgaste da moto. Mesmo fazendo a manutenção regularmente e cuidando dela, o desgaste é natural e esses gastos devem ser considerados na hora de planejar a compra. Aqui, mais uma vez, não esqueça que o tamanho da moto influencia no gasto final – a troca do kit de relação (coroa, corrente e pinhão) pode custar até três vezes mais em uma moto de 600 cilindradas do que em uma de 250-300 cc.

E se engana quem acha que as despesas da moto giram em torno de manutenção e combustível. A documentação é item que você não pode esquecer de jeito nenhum, como o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) e o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT), os três pagos anualmente.

Começando a pilotar agora? Então veja a lista das melhores motos para iniciantes!

Motos novas por categoria – veja as mais lembradas

Definido os gastos médios que você está disposto a ter com a sua nova aquisição, chegou a hora de escolher o tipo de moto que melhor atende à sua expectativa.

City

Também conhecida como Street, foi feita pra rodar na cidade e tem entre 125 e 500 cilindradas, podendo chegar a 160 quilômetros por hora. Os modelos mais famosos da categoria são a CG 160 e a CG 150, ambas da Honda. O modelo CG 160 é um bom exemplo de moto nova barata, saindo por cerca de R$ 9.450.

Custom

Feitas pra proporcionar conforto ao condutor, têm banco mais baixo com apoio para a garupa, ideais pra viagens mais longas. Pensou na categoria Custom, pensou nas motocicletas da Harley-Davidson.

Nakedcomo moto nova

Os modelos dessa categoria não possuem carenagem e são recomendadas pra uso urbano. A Yamaha MT-03 é o modelo que costuma liderar o segmento.

Trail

Indicada tanto pra dentro quanto pra fora das estradas, a categoria traz motos trafega bem entre uso diário e atividades de lazer. O principal modelo da categoria é a Honda NXR 160 Bros.

Pensando em comprar moto usada? Não deixe de ver antes essas dicas!

Como comprar moto nova – escolha a melhor modalidade

Com todos esses gastos previsíveis na ponta do lápis, chegou a hora de escolher a melhor forma de comprar sua moto nova. Se você pode fazer a compra à vista, ótimo. Se não, existem outros recursos que tornam possível a compra de novas motos.

A opção mais comum do mercado é o financiamento: você entra em contato com seu banco, solicita o valor necessário pra fazer a compra e paga ao banco esse valor em parcelas com juros que podem chegar a quase 30% ao ano.

Menos popular, a modalidade leasing funciona como um aluguel. Você faz um contrato com o banco em que ele compra a moto e dá a você o direito de usá-la, tendo a opção de comprá-la ao final desse acordo. Aqui também temos juros, quase 20% ao ano, e você não pode vendê-la – a moto é do banco até o final do contrato, não esqueça!

Também existe o consórcio, que funciona como uma poupança, em que os membros contribuem mensalmente. Nesse caso, comprar a nova moto só vai ser possível se você for sorteado ou realizar o maior lance. Se você precisa de uma moto com certa urgência pode não ser a melhor opção porque, apesar de não ter taxas, pode levar um tempo até você ser sorteado.

Se você se convenceu e já decidiu qual moto nova vai comprar, não esqueça de contratar um seguro para curtir o novo veículo protegido e com mais tranquilidade.