Pesquisar
Pesquisar
Ir para o site
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Saiba o que é DPVAT e entenda como funciona o seguro DPVAT

O que significa DPVAT?

Afinal, DPVAT o que é? O significado de DPVAT é: danos pessoais causados por veículos automotores de via terrestre. Apesar do nome complicado, se você quer saber o porquê do DPVAT e o que significa, é muito simples. Instituído em 1974, funciona como um seguro obrigatório para todas as pessoas envolvidas em acidentes de trânsito no Brasil.

O que é seguro DPVAT e como funciona o DPVAT

Ele é um auxílio que é pago a motoristas, passageiros, passageiras e pedestres por danos pessoais causados por veículos ou cargas. Toda vítima de acidente é quem tem direito a receber o DPVAT, independentemente da causa, e o seguro pode ser requerido em casos de morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas.

A importância do seguro obrigatório

A importância do DPVAT está em sua função final. O DPVAT arrecada mais de R$ 4 bilhões por ano. Desse total, 45% da arrecadação é destinada ao SUS. Através do Fundo Nacional de Saúde, essa verba é distribuída para hospitais públicos e privados conveniados. Ou seja, o seguro obrigatório é uma fonte de financiamento para gastos hospitalares com acidentes de trânsito. Outros 5% vão para o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), no Ministério do Desenvolvimento Regional. Essa verba é usada para programas de conscientização e prevenção de acidentes de trânsito. Por fim, os 50% restantes do DPVAT são utilizados para pagamento de indenizações diretamente a pessoas acidentadas.¿Está justificado el uso de andriol para el culturismo primo tabs por alpha pharma en espana methenolone acetate entrenamiento de musculación muy erótica escort película arezzo película erótica chicas solteras italia meando películas eróticas chinas aceite.

Como funciona o pagamento do DPVAT?

Todos os proprietários e proprietárias de veículos no país pagam uma cota única do seguro juntamente com a primeira parcela do IPVA. A quitação do DPVAT é obrigatória para a emissão do licenciamento anual do veículo e o calendário de pagamento pode ser obtido com o Detran do seu estado. Veículos em viagem pelo Mercosul devem contratar a Carta Verde, uma ampliação da cobertura do DPVAT para acidentes ocorridos na Argentina, Paraguai e Uruguai.

Principais beneficiados pelo DPVAT

Você sabia que motociclistas são os maiores beneficiados pelo seguro obrigatório? No primeiro semestre de 2020, foram 125 mil indenizações por acidentes de moto. Isso dá 80% de todas as ocorrências cobertas pelo seguro obrigatório. Dessas, 83 mil foram para condutores e condutoras de moto. Infelizmente, acidentes motociclísticos são responsáveis pela maior parte das indenizações, segundo a Seguradora Líder-DPVAT.

Aumento das mortes de motociclistas durante a pandemia

O contraste entre os números de acidentes de moto e outras ocorrências de trânsito é preocupante. Segundo dados do Infosiga, ao compararmos maio de 2020 com o mesmo período de 2019, houve um aumento de 7% nas mortes de motociclistas no estado de São Paulo e de 37% na capital. O problema é que, ao mesmo tempo, registrou-se queda de 20% no número total de mortes no trânsito. Ou seja, há crescimento nas fatalidades de motociclistas e queda nas de motoristas, passageiros, passageiras, pedestres e ciclistas. A explicação para isso pode ser o aumento do número de motos nas ruas durante a pandemia e diminuição de outros veículos e pessoas.

Preciso ter outro seguro além do obrigatório?

A resposta é sim! Apesar de o DPVAT ser direito de todos, existem diversas situações que não são cobertas pelo seguro obrigatório. Por exemplo, ter um seguro de roubo e furto é essencial. Uma cobertura adicional de perda total por danos/colisão, que inclua casos de enchentes, queda de árvores e incêndios também é importante. Assim, a segurança do seu veículo fica completa.