Pesquisar
Pesquisar
Ir para o site
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Motos tunadas: veja dicas e regras para personalizar moto

Ter uma moto tunada, com estilo próprio e que combine com a sua personalidade é o desejo de muitos amantes das duas rodas. Conhecer bem o veículo que possui é o primeiro passo para um bom tuning de moto. O outro é escolher profissionais competentes para mexer na máquina.

Utilizar produtos de qualidade é outro fator que fará toda diferença no resultado que se quer obter. Tunar moto significa mudar as características originais de fábrica e isso pode fazer a moto perder a garantia, caso ainda tenha. É preciso entender que são as especificações da motocicleta que vão limitar até onde as mudanças podem ser realizadas.

Regras para motos tunadas

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) regulamenta o que é permitido modificar. A moto pode ficar fora das normas estabelecidas com a instalação de um simples acessório, como um escapamento esportivo. Antes de fazer grandes modificações, há a necessidade de pedir autorização no Departamento Estadual de Trânsito (Detran) para personalizar a moto.

Após as mudanças, a moto com tuning deve ser levada a uma das oficinas credenciadas do Instituto de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) para inspeção. Se o veículo for aprovado, o proprietário deve ir ao Detran para obter o número do Certificado de Segurança Veicular (CSV), que será registrado na área de observações do Certificado de Registro de Licenciamento de Veículos (CRLV) e do Certificado de Registro de Veículos (CRV).

Conheça grandes oficinas de customização de motos no Brasil!

Itens tunados na moto

Quem escolhe tunar a moto está em busca de mais potência, segurança, beleza ou mesmo um toque mais esportivo. Por isso, cuidado com as mudanças radicais. Se não forem bem realizadas, podem comprometer o bom funcionamento do veículo, ou até mesmo danificá-lo. Por isso, vá com calma!

Começar a fazer alterações aos poucos pode ser uma boa escolha. Rodas de liga-leve são o objeto de consumo de muitos motociclistas. Outros, no entanto, desejam rodas coloridas, mais baratas que as de liga-leve, ou sonham simplesmente com rodas maiores. Só não vale ultrapassar os limites dos para-lamas da moto, pois é contra a lei.

Quem adora um belo ronco e não o tem em sua moto, pode trocar o escapamento por um mais esportivo e conseguir o som desejado. Lanterna e farol podem ser trocados por equipamentos com máscara negra, que dão um belo toque à estética do veículo sem interferir na função destes.

Ao instalar uma luz mais forte é viável verificar se a bateria é potente o suficiente ou se é necessário trocá-la por uma mais intensa. Pinturas e adesivos personalizados são outros itens utilizados pelos tunadores. Há também os que fazem modificações na carenagem para dar um toque esportivo e arrojado.

As motos tunadas precisam de um seguro especial, por isso, procure um corretor de seguro e peça para fazer uma cotação. O seguro contra roubo e furto tem sido bastante procurado pelos motociclistas pela excelente relação custo-benefício, pois não possui franquia e oferece assistência 24h em todo o Brasil.

Ao respeitar as leis de trânsito e dirigir com atenção, o motociclista dificilmente se acidentará. Já o furto e roubo, é imprevisível. Por isso a necessidade de um seguro para o seu bem.
Você curte motos tunadas? O que você faria para deixar sua moto com a sua cara? Quais itens modificaria no seu veículo? Vamos continuar esta discussão. Conte para gente nos comentários!

Cotação seguro roubo furto moto