Pesquisar
Pesquisar
Ir para o site
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Franquia de seguro: quando vale a pena usar?

O seguro de um veículo é uma garantia contra possíveis problemas. Em casos de acidente, por exemplo, é possível acionar a franquia de seguro e conseguir o conserto do automóvel. Mas será que compensa apelar para o seguro em qualquer acidente ou existem casos em que vale a pena o proprietário assumir os gastos por conta própria? Veja a seguir a melhor maneira de usar o seu seguro, cortar gastos e nunca sair prejudicado:

Franquia de seguro como funciona: os tipos de cobertura

A seguradora oferece vários tipos de cobertura com base nos cálculos que faz a partir do perfil do cliente, como riscos e modo de dirigir. Os tipos de cobertura mais comuns são:

  • Compreensiva: inclui tudo, de acidentes a roubos e furtos;
  • Roubo e furto: abrange somente roubo ou furto total;
  • De RC: contra terceiros.

Além do tipo de cobertura, o perfil do motorista influencia no valor do seguro, como já falamos aqui no blog.

O orçamento dos gastos

Para saber se vale ou não recorrer à franquia no seguro em caso de danos ao veículo, faça um orçamento com algum mecânico de confiança e compare os valores a gastar com o valor da franquia.

O valor do conserto do seguro franquia

Atualmente, o valor de franquia de seguro oscila entre R$ 1.500,00 a R$ 2.000,00. Se você puder fazer o serviço por R$ 1.000,00, por exemplo, é recomendado arcar com as despesas sem acionar a franquia.

Por outro lado, se o valor do conserto girar por volta de R$ 2.500,00 a R$ 3.000,00, poderá acionar a franquia e contatar a seguradora para que ela arque com a diferença — ou, se preferir, o próprio dono do veículo pode completar o valor, conforme é recomendado por alguns especialistas.

O custo de pequenos serviços

Para pequenas batidas e danos em elementos de composição visual, como retrovisores, para-brisas, para-lamas, para-choques, não convém acionar a franquia — a não ser que o dano nesses elementos tenha comprometido a estrutura do veículo.

Os descontos da franquia do seguro

Outra razão para pensar bem antes de acionar as franquias de seguros automotivos é que muitas seguradoras costumam oferecer descontos na hora de renovar o contrato àqueles que não usaram o serviço. Talvez seja melhor economizar nos próximos pagamentos e gastar um pouco arcando com os gastos no conserto do veículo. Além disso, usando a franquia, o segurado pode perder sua classe de bônus na próxima renovação e o valor do seguro pode aumentar.

Os acidentes que envolvem terceiros

Quando acontecem danos a veículos de terceiros, o melhor é acionar o seguro. Seguro para terceiros paga franquia e vale a pena nesse tipo de situação, pois todos os gastos com os reparos serão cobertos pela seguradora. Por isso, é importante que se contrate a cobertura de responsabilidade civil com a seguradora. Ela cobrirá danos ao veículo e à pessoa, como despesas com médicos e indenização por óbito.

Conheça também as vantagens do seguro furto e roubo.

Os prazos de pagamento

Outra vantagem de acionar a franquia em casos mais graves é que algumas seguradoras oferecem condições de pagamento que o proprietário do veículo não encontrará se fizer o serviço por sua conta. Mas isso é relativo, pois o proprietário também pode conseguir boas opções de pagamento se fizer o serviço com algum mecânico conhecido, de quem já é cliente.

A franquia de seguro facultativa

Em alguns casos, o corretor aumenta o valor da franquia para diminuir o valor do seguro de cobertura compreensiva (chamada de franquia facultativa em oposição à obrigatória, de valor fixo). Nesse caso, em vez de optar pela cobertura compreensiva, talvez seja mais interessante escolher a de roubo, e furto — que é mais limitada, porém mais acessível.

A franquia de corretora de seguros com contratação de seguros parciais

Como informado acima, na maioria dos acidentes em colisão, não se atinge o valor mínimo da franquia contratada para reparo, ficando por conta do segurado as despesas com o conserto do veículo.

Em outros casos o segurado paga pelo serviço em sua apólice mas dificilmente em seu histórico possui algum incidente com colisões.

Por isso, na hora de contratar seu seguro, ou renová-lo, ao invés de optar pelo seguro compreensivo habitual, vale a pena para minimizar seu custo e fazer uma outra análise, cotando o seguro parcial contra Roubo e Furto. A franquia corretora de seguros que oferece este tipo de produto, apresenta uma economia significativa no valor total da apólice para aqueles segurados que não tem o perfil de colisão. A Suhai Seguradora por exemplo, é a única especialista em roubo e furto do Brasil. Você pode fazer uma cotação online, em poucos passos e não custa nada!

Cotação seguro roubo furto carro